Search options

Search
Search by author
Between Dates
to
Volume and Number
&
Spemd Logo

Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial

Revista Portuguesa de Estomatologia Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial | 2021 | 62 (1) | Page(s) 23-28


Original research

Correlation between the attractiveness of the facial components and the smiling face in males and females

Correlação entre atratividade da face a sorrir e dos seus componentes, em homens e mulheres


a Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, Lisboa, Portugal
Joana Godinho - joana.godinho@fmd.ulisboa.pt

  Show More



Volume - 62
Issue - 1
Original research
Pages - 23-28
Go to Volume


Received on 02/12/2020
Accepted on 21/02/2021
Available Online on 30/03/2021


Objectives: Esthetics is the main reason for seeking orthodontic treatment, demonstrating the importance of smile attractiveness in human relations. Therefore, this study aimed to quantify the influence of the smile and other facial components on overall facial attractiveness. Methods: Eight laypersons evaluated the attractiveness of 60 adults (30 men, 30 women) before orthodontic treatment using a visual analog scale. Pearson and stepwise correlations were carried out between the smiling face’s attractiveness and the attractiveness of the facial components: upper two-thirds, lower third, and smile. Results: For the entire sample, strong to moderate correlations were found between facial attractiveness and the smile (r = 0.71), the lower third (r = 0.70), and the upper two-thirds of the face (r = 0.42). When divided by gender, the facial parts’ correlation values were moderate and similar among each other in men, while in women, the face showed strong correlations with the smile (r = 0.83) and the attractiveness of the face’s lower third (r = 0.75). Conclusions: In general, correlations were found between the attractiveness of the smiling face and the components. In males, the lower third of the face accounted for 66% of the variation in facial attractiveness. In females, 83% of the variance in facial attractiveness could be ascribed to smile, with the value increasing only to 86% when the upper two-thirds were added.


Objetivos: A estética é o principal motivo para procurar tratamento ortodôntico, o que demonstra a importância da atratividade do sorriso nas relações humanas. O objetivo deste estudo foi quantificar a contribuição do sorriso e de outros componentes da face para a atratividade facial. Métodos: Antes do tratamento ortodôntico, a atratividade de 60 indivíduos (30 homens, 30 mulheres) foi avaliada por oito leigos usando uma Escala Visual Analógica. Foram realizadas correlações de Pearson e stepwise, entre a atratividade da face a sorrir e a atratividade dos componentes faciais: o sorriso, os dois terços superiores e o terço inferior da face. Resultados: Para toda a amostra, foram encontradas correlações fortes a moderadas entre a atratividade facial e o sorriso (r = 0,71), o terço inferior (r = 0,70) e os dois terços superiores da face (r = 0,42). Quando divididos por género, os valores de correlação dos componentes faciais eram moderados e semelhantes entre si, para os homens. Para as mulheres, a face mostrou fortes correlações com o sorriso (r = 0,83) e a atratividade do terço inferior (r = 0,75). Conclusões: Em geral, foram encontradas correlações entre a atratividade da face a sorrir e os componentes. Para os homens, o terço inferior da face foi responsável por 66% da variação da atratividade facial. No caso das mulheres, 83% da variação da atratividade facial pode ser atribuída ao sorriso, aumentando o valor para 86% quando os dois terços superiores são adicionados.


Supplementary Content


  Download PDF