Search options

Search
Search by author
Between Dates
to
Volume and Number
&
Spemd Logo

Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial

SPEMD | 2019 | 60 (3) | Page(s) 96-103


Original research

Bonding performance of a universal adhesive: effect of hydrophobic resin coating and long-term water storage

Desempenho de um sistema adesivo universal: efeito da aplicação de uma camada de resina hidrófoba e do envelhecimento em água


a Instituto de Dentisteria Operatória, Área de Medicina Dentária, Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra
b Laboratório de Bioestatística e Informática Médica, Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra
Alexandra Vinagre - avinagre@fmed.uc.pt

  Show More



Volume - 60
Issue - 3
Original research
Pages - 96-103
Go to Volume


Received on 03/08/2019
Accepted on 15/10/2019
Available Online on 04/11/2019


Objectives: To evaluate the immediate and water-aged microtensile bond strength of a universal adhesive to dentin, using the self-etch approach with and without an additional hydrophobic resin layer. Methods: Flat dentin surfaces were prepared from twelve non-carious human molars and were randomly divided into two groups. The universal adhesive system Scotchbond™ Universal was used in self-etch mode (SBU) with and without the application of an extra hydrophobic resin layer of Adper™ Scotchbond™ Multi-Purpose Plus (SBU+HL). After composite buildups, samples were stored in water (37ºC/7 days) and then sectioned into microspecimens (1.00±0.2 mm2). Half of the microspecimens were immediately subjected to microtensile bond strength testing (0.5 mm/min) while the other half was stored in water, according to the ISO/TS 11405:2015, for 4 years before testing. Data were analyzed with Kruskal Wallis and all-pairwise comparisons with Bonferroni corrections (p<0.05). Results: The following microtensile bond strengths were registered (mean in MPa±SD): immediate SBU, 52.5±13.56; 4-year SBU, 26.0±6.50; immediate SBU+HL, 59.3±12.39; 4-year SBU+HL, 32.5±5.72. No statistically significant differences were detected between adhesive strategies either immediately or in the aged period (p>0.05). A significant decrease in bond strength was verified between the immediate and the 4-year evaluation for both groups (p<0.05). Conclusions: Water storage induced an approximately 50% reduction in dentin bond strength, regardless of the adhesive strategy employed. The incorporation of an extra hydrophobic layer over the universal adhesive did not improve dentin bond strength significantly either immediately or after long-term water storage.


Objetivos: Avaliar as forças de adesão por microtração à dentina de um adesivo universal aplicado no modo autocondicionante, com ou sem uma camada de resina hidrofóbica. Métodos: Foram preparadas superfícies de dentina em 12 molares, divididos aleatoriamente em dois grupos. O sistema adesivo Scotchbond™ Universal foi aplicado no modo autocondicionante (SBU) ou com a adição de uma camada extra de resina hidrofóbica Adper™ Scotchbond™ Multi-Purpose Plus (SBU+HL). Após a restauração em resina composta, os dentes foram armazenados em água (37ºC/7 dias) e seccionados em bastonetes (1,00±0,2 mm2). Metade dos espécimes foi sujeita ao teste de resistência adesiva à microtração (0,5 mm/min) enquanto que os restantes foram armazenados em água por 4 anos segundo as normas ISO/TS 11405:2015. Para análise estatística foi utilizado o teste de Kruskal Wallis e as comparações em pares foram realizadas com as correções de Bonferroni (p<0,05). Resultados: Os resultados da resistência adesiva foram os seguintes (média em MPa±SD): SBU_imediato 52,5±13,56; SBU_4 anos 26,0±6,50; SBU+HL_imediato 59,3±12,39; SBU+HL_4 anos 32,5±5,72. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre as estratégias adesivas quer no período imediato ou após o envelhecimento (p>0,05). Foi verificado um decréscimo significativo da resistência adesiva do período imediato para os 4 anos para ambos os grupos (p<0,05). Conclusões: O armazenamento em água induziu uma redução de cerca de 50% das forças de adesão à dentina, independentemente da estratégia utilizada. A aplicação da camada de resina hidrofóbica não melhorou significativamente as forças de adesão quer na avaliação imediata ou após 4 anos de envelhecimento em água.


Supplementary Content


  Download PDF